terça-feira, 16 de junho de 2009

Pula a fogueira, Yoyô


Festa Junina no nordeste

Bandeiras de oração no Butão


Bandeiras de oração em templo em Katmandu



Quartinho fofo



Para nós, brasileiras urbanas, bandeirinhas são elementos decorativos sazonais, usados exclusivamente no mês de junho, nas festas de São João, e só. Depois disso elas desaparecem como brigadeiros depois do parabéns e só voltam no ano seguinte. Mas, como os ovos de Páscoa pendurados nos corredores dos supermercados e as luzinhas de Natal espalhadas pela cidade, a volta das bandeirinhas coloridas é um marco para as crianças, que percebem o reinício da temporada de festas juninas e a proximidade das férias de julho.
Para os budistas, as bandeirinhas de oração penduradas em todas as casas e lugares santos garantem proteção não só para quem as pendurou mas também para todos os seres uma vez que, ao serem tocadas pelo vento, espalham no ar as orações escritas nelas.
Já nos quartos, e nas casas das crianças européias é muito comum encontrar bandeirinhas coloridas por todos os cantos, garantindo uma dose extra de cor e um clima festivo permanente.
Não é que esse tema poderia gerar uma belíssima tese de mestrado?






3 comentários:

georgeumbrasileiro disse...

Prezada Isabelle,
Não esqueçamos também das bandeiras que algumas pessoas vivem dando por aí afora! Já em Portugal algumas pessoas vivem a dar bandeira. Over here in Landan though, they give flag. Not.

Anônimo disse...

Nosso querido mestre Volpi tb ficou tão encantado com as bandeirinhas das festas juninas... As dele estão lá no Mac...
:)

Doris Sochaczewski disse...

Já postei a nossa camapanha pró bandeirolas, vamos ver no que dá, tem várias novas que eu trouxe....
bjs